Reparos no seu condomínio sempre provocam dores de cabeça em você?

Fazer obras geram muitas dores de cabeça e isso não é novidade para ninguém, principalmente quando estamos falando de obras num condomínio, em que o stress pode ser ainda maior se você não tomar certos cuidados necessários.

Para se privar de desgastes é preciso seguir todas as leis e regras preestabelecidas. Para você, morador, é fundamental cumprir todas as prescrições definidas em convenção e regulamento interno do seu prédio, deve também atentar-se aos dias e horários permitidos, normas de silêncio, não deixar sujeiras em áreas comum e sempre recolher os entulhos de sua obra. Já para você, síndico, além de seguir todas estas regras, ainda tem o compromisso de ser o responsável por confiscar o andamento e qualidade da mesma.

As minhas dicas para você conseguir manter uma boa logística da obra é em primeiro lugar elaborar um cronograma com fornecedores e prazos, lembre-se de considerar uma pequena tolerância nos prazos pois eles costumam ocorrer. Também é necessário listar os materiais necessários para os serviços, dando preferência para a qualidade e não apenas ao valor, pois qualquer produto ruim pode colocar em risco os seus reparos.

Dentro do estatuto do seu condomínio existe um artigo constando os horários permitidos para a execução de reformas, então não seja audacioso e siga todas essas normas para evitar alguma penalidade, que pode ser desde advertência verbal, notificação ou até mesmo uma multa e são coisas que podem impossibilitar o continuamento dos seus consertos.

            Se a sua obra inclui modificações ou remodelação em áreas comuns é imprescindível que você faça o trabalho em parceria com profissionais capacitados que elaborem o projeto e orçamento, que deve ser aprovado em assembleia entre todos os residentes.

Para alterações que afetem a fachada, a estrutura do prédio e que modifiquem áreas comuns ou instalações prediais, o aconselhado é que haja um projeto com orçamento elaborados por profissionais capacitados e também deve ser aprovado em assembleia entre os moradores.

Fique ligado em alguns ítens essenciais para fazer check list antes de começar a reforma:

  • Informar ao síndico;
  • Seguir regimentos do condomínio;
  • Elaborar cronograma da obra;
  • Contratar profissionais qualificados;
  • Adquirir produtos com qualidade e garantia;
  • Respeitar os dias e horários permitidos para obras;

 

Além disso tudo, lembre de ter tolerância, respeito e cordialidade com seus vizinhos. Caso eles estiverem sentindo-se incomodados com algo anormal de sua obra, coloque-se no lugar deles e busque entender o que está causando o desconforto para não causar uma inimizade.

E não se esqueça de entrar em contato com a Prolar antes de iniciar sua reforma. Nós podemos te auxiliar com orçamentos, fornecedores e demais serviços para atender as demandas do seu prédio, assim evitando que hajam contratempos em sua obra.