Funções de um síndico: você sabia que são tantas assim?

Você certamente já sabe que o síndico é a pessoa responsável por um condomínio. Entretanto, você sabe quais são, exatamente, as responsabilidades assumidas nessa função? 

Muito além de convocar assembleias e de ser o porta-voz de todos os moradores do local, um síndico possui incumbências de grande responsabilidade e seriedade, que são compreendidas apenas por profissionais especializados nesse tipo de serviço.

Confira algumas das funções e deveres que cabem a este profissional:

  • Manter sempre o prédio em bom estado

  • Manter a boa convivência no local

  • Garantir que todas as regras do condomínio sejam respeitadas

  • Responder perante a justiça caso necessário

  • Verificar o funcionamento de elevadores e demais instalações do prédio

 

Além dessas tarefas, há também outras atribuições para as quais um síndico necessita do auxílio de uma administradora. Conheça quais são:

 

  • Emitir boletos de cobranças para os moradores

  • Elaborar o orçamento anual

  • Cobrar dos condôminos o rateio das despesas e eventuais multas

  • Prestar contas

  • Efetuar seguro do condomínio

  • Manter a gestão financeira do prédio

  • Arquivamento e digitalização de documentos

 

Essas tarefas demandam o trabalho de uma administradora especializada, pois requerem tipos específicos de conhecimento, como financeiro e jurídico. Nesses casos, a administradora estará ao lado do síndico, para que os problemas sejam solucionados e o condomínio siga em pleno e bom funcionamento.

A harmonia de um empreendimento pode ser conquistada com maior facilidade nas mãos de um profissional que seja especializado na gestão de condomínios. Que tal conhecer mais sobre esse tipo de serviço? Acesse: http://www.prolar.imb.br/gestao-de-condominios.