6 dicas essenciais para levar em conta na hora de contratar fornecedores

A escolha dos fornecedores é um dos pontos mais importantes e fundamentais de todo o processo. Devemos escolher excelentes fornecedores para dividir esse fardo conosco. Afinal, um bom vendedor não vai oferecer só um preço camarada ou garantir entregas rápidas. Ele será um parceiro e indicará para você o melhor caminho em relação à matéria-prima. 

Pensando nisso elaboramos algumas dicas para que você saiba quais são os principais critérios para a escolha de um bom fornecedor:

Preze pela credibilidade dos fornecedores para obras

Você já entende a importância da credibilidade para a sua própria empresa, não é mesmo? Você sabe que nenhum cliente contrata seus serviços ou compra um empreendimento se ele não confia no seu negócio. Por outro lado, nós incrivelmente abandonamos alguns critérios essenciais — como verificar a credibilidade.

Ficamos tão focados em diminuir os custos para aumentar a nossa lucratividade que simplesmente nos esquecemos completamente de checar a visão que nossos colegas têm dessa empresa. Portanto, agora devemos levar esse mandamento como uma lei: o principal ponto a ser avaliado em um fornecedor é a credibilidade. Vamos esquecer, por um momento, dos preços tentadores e das condições facilitadas. Afinal, a credibilidade é o principal indicativo da qualidade.

Se um fornecedor é respeitado pelos demais agentes do mercado financeiro, isso é praticamente um atestado de que ele atende às demandas de seus clientes. As empresas não continuariam a negociar com alguém cujo resultado do serviço é instável. Por isso, desapegue de critérios como o tamanho da empresa ou a fama do produto.

Há empresas pequenas que são extremamente credíveis e há gigantes do mercado que falham
constantemente. Também existem produtos novos com uma qualidade tão elevada quanto alguns produtos famosos, mas que possuem um marketing mais forte.

Verifique Clientes anteriores do seu fornecedor

Antes de contratar um fornecedor é importante verificar se ele é capaz de fazer o serviço ou vender o produto que você espera do jeito que atenda as suas especificações e expectativas. E qual a melhor maneira de fazer isso do que conversando com antigos clientes?!

Sempre peça para a empresa que você quer contratar um histórico de referências para que você possa entrar em contato e descobrir mais informações tanto sobre o produto /serviço prestado, tanto sobre o suporte dado e outras questões do seu interesse.

Segmente os fornecedores

 Para cada tipo de obra, você deve buscar um fornecedor especializado naquilo.

  • Em uma obra residencial as empresas especializadas têm acesso às últimas tendências

em decoração e podem ser aliadas importantes para aumentar a qualidade dos seus
empreendimentos.

  • Em obras de grande porte as empresas devem ter uma capacidade ampla para conseguir uma grande carga de materiais. Além disso, elas devem ser capazes de suprir demandas emergenciais volumosas, que empresas de pequeno porte não são capazes de atender.

 

Desconfie de preços fora do padrão do mercado

Nem sempre um preço muito baixo significa que o serviço/produto terá pouca qualidade,
assim como nem sempre um preço mais caro será um indicativo de produto/serviço melhor.
O importante, nesses casos, é entender qual o motivo do preço do produto/serviço ficar
muito distante da média do mercado.

Sempre desconfie de ficar se o preço orçado ficar muito abaixo ou acima do esperado.
Algumas empresas, por exemplo, acabam cobrando pouco mas possuem obrigações contratuais que vão te deixar preso com aquele fornecedor durante muito tempo. Outras vão cobrar muito somente para ter uma margem para negociar. O importante é, ao receber uma proposta, tentar entender com o fornecedor o que levou ele a cobrar aquele preço, mesmo que isso venha descrito na proposta.

Preste atenção ao prazo de entrega

Uma das etapas básicas de qualquer obra é o cronograma e o planejamento, que devem ser seguidos à risca. A obra é como o corpo humano: tudo deve funcionar no momento e no local certo para atingir a máxima eficiência. Assim, se uma tarefa é realizada fora do prazo previsto, todas as etapas subsequentes estarão em risco.

Nesse caso, podem ocorrer atrasos e o cliente pode não receber o seu produto no prazo estipulado. Além de gerar má fama para a empresa, isso pode ter como consequência multas contratuais pesadas.

Por isso, muitos gestores de obras têm buscado diferenciar seus serviços enfatizando um
controle melhor do prazo, reduzindo-o em relação aos concorrentes e desburocratizando
diversas relações dentro do canteiro de obras e no escritório da empreiteira.

Pós-vendas

É possível que o produto comprado precise de peças de reposição, mão de obra qualificada para manutenção ou até mesmo troca por um produto novo.

Dessa forma, o fornecedor deve oferecer para a empresa um excelente atendimento no pós-venda, se disponibilizando a prestar todo o auxílio necessário.

Ao estabelecer o acordo de fornecimento é necessário que sejam analisados os critérios informados para que a escolha feita traga bons resultados para todos, tanto para compradores como para vendedores.

Anotou as dicas? Com elas você poderá contratar seus fornecedores sem medo de errar, garantindo bons negócios!